10 dicas para sua cozinha planejada pequena ficar bem prática

Não é por ser pequena que uma cozinha não pode ser funcional. Até pelo contrário, ela pode até ser mais prática no dia a dia que algumas cozinhas enormes e mal planejadas, em que se andam quilômetros para cozinhar uma simples lasanha.

A funcionalidade está muito mais associada a um bom planejamento que ao tamanho. Antes de fazer o projeto da sua cozinha pequena planejada, não deixe de conferir estas dicas e garanta mais praticidade no dia a dia na sua cozinha!

 

1. Base de alvenaria

 

Ela é ideal para apoiar armários inferiores ao invés de apoia-los em pezinhos ou pendurar na parede, quando acabam criando um vão embaixo bem difícil de limpar ou até mesmo de pegar algum objeto que caiu. Para extinguir esses problemas faça uma base de alvenaria de 15 a 20cm de altura que tenha profundidade menor que os armários em pelo menos 5cm (acabada, já com o azulejo!).

Aliás, isto também vale para os gabinetes dos banheiros, heim?

 

2. Bancada livre entre fogão e pia

 

Esse é um item bem importante. Para o aproveitamento da área é superimportante ter um espaço de bancada entre o fogão e a pia. Com a bancada o preparo de alimentos é bem mais ágil: nela é possível separar ingredientes, cortar, ralar, picar e fazer toda a preparação dos alimentos, tendo tanto o fogo quanto a água sempre a mão.

 

3. Geladeira que abre dos dois lados

 

Hoje em dia quase todos os modelos de geladeira aceitam a inversão da abertura da porta. Dependendo da localização dela em relação aos demais equipamentos da cozinha, vale a pena solicitar a inversão à assistência técnica, que é um procedimento bem simples.

 

4. Escorredor acima da pia

 

Nada mais prático! Além de não ocupar espaço na bancada, aquelas louças triviais que você usa todos os dias, nem precisam ir do escorredor para o armário e do armário para a mesa: duas viagens a menos por refeição! Lavou, colocou para escorrer e fechou. A cozinha fica arrumada na hora e na próxima refeição você pega suas louças e talheres direto de lá.

 

5. Armários de baixo – só gavetas!

 

E com trilhos telescópicos, hein? Aqueles em que a  gaveta sai inteira, dando acesso fácil até ao que está mais ao fundo. Não precisa se contorcer para procurar algo no armário, nem tirar tudo que está na frente para pegar algo no fundo. Também não fica nenhum produto perdido estragando no fundo do armário.

 

6. Armários suspensos até o teto

 

Menos superfícies de difícil acesso para acumular pó. Veja aqui mais dicas nesse sentido.

Também os itens de uso esporádico deixarão mais espaços livres para utensílios de uso diário.

 

7. Escadinha

 

Melhor se for dessas que viram banquinhos. Servirá para alcançar esses itens mais altos, assim como para aquela amiga que veio jogar conversa fora e te dar apoio enquanto você prepara seus quitutes. Lembre-se de prever o “estacionamento” para ela no projeto da cozinha, que é para não virar um estorvo quando não estiver em uso. Veja aqui mais dicas de estacionamentos e organização da sua casa.

 

8. Evite armários de canto

 

Por mais que já tenham inventado recursos bacanas, prateleiras giratórias e tal, o acesso é chato, desperdiça espaço e para limpar é um “óh”. Melhor não tê-los, acredite.

 

9. Não esqueça da lixeira!

 

Item imprescindível em qualquer cozinha. Se você recicla então, serão mais de uma! Se sua cozinha é pequena, evite aquelas lixeirinhas de pia, para não perder espaço na bancada de trabalho.

Ao planejar seus móveis, lembre-se de definir o cantinho da lixeira. Ela deve estar localizada perto de onde você preparará todos os alimentos, ou ser um modelo fácil de empurrar para lá.

 

10. Elástico de bancada

 

Esta dica é bem caseira mesmo, mas quebra o maior galho. Meça as gavetas mais altas e compre tábuas de cortar que sejam mais ou menos do mesmo tamanho. Naqueles dias de cozinha agitada, que você daria seu reino por mais centímetros de bancada para apoiar tanta coisa, abra as gavetas de cima e apoie as tábuas, criando assim pequenas bancadas anexas. Dica extra: coloque um pano de prato levemente úmido antes da tábua, isso evita que restinhos de comida caiam para dentro dela e que a tábua escorregue.

 

Ter uma cozinha planejada pequena tem muitos benefícios, não é mesmo? O aproveitamento inteligente das áreas agrega muita funcionalidade. Por isso, vale a pena investir num bom projeto antes de se apressar para a obra. Que tal investir em uma cozinha planejada também?

 

You Might Also Like

1 comment

  1. Adorei! Eu curso arquitetura e teu site me ajuda demaaaais! Esse artigo em especial iluminou minha cabeça, obrigado!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *