Female hand wiping dining table

10 dicas de decoração para facilitar a faxina

 

A decoração da sua casa pode ser fácil de conservar limpinha sem para isso abrir mão do seu charme e funcionalidade. A escolha de acabamentos, móveis e demais elementos decorativos tendo em mente também esse objetivo de praticidade, pode economizar muitas horas de trabalho com limpeza, que você aproveitará muito melhor desfrutando sua nova casa.

Veja algumas dicas bem simples para pensar sua decoração sem perder de vista a dedicação que ela exigirá para manter a casa limpa.

 

Menos objetos

 

Essa é uma dica clássica e que contribui muito para a limpeza e organização da casa como um todo. Reduza o número de objetos que ficarão expostos ao pó, lembrando também que quanto mais “rococó”, com mais detalhes em relevo, mais acumulam poeira e mais dão trabalho para limpar.

 

Prefira armários com portas de vidro

 

Mesmo se esforçando para reduzir os objetos, é claro que sempre haverão artigos que você vai fazer questão de manter expostos. Nesse caso, avalie com carinho a possibilidade de preferir armários com portas de vidro ou cristaleiras a prateleiras e superfícies abertas, principalmente quando forem coleções de objetos pequenos. Lembre-se de que o mercado oferece modelos de todos os estilos para móveis “expositores” como as cristaleiras, desde os clássicos aos minimalistas.

 

Evite materiais que acumulam mais poeira

 

Se estamos falando de reduzir o acúmulo de pó, isso se aplica diretamente à escolha dos materiais de acabamento. Prefira por exemplo, estofados revestidos de couros ecológicos a veludos, cúpulas de abajur de vinil a tecidos porosos, carpetes de nylon a fibras naturais.

 

Prefira acabamentos laváveis

 

Essa dica é parece óbvia, mas não é raro esquecer e também simplifica muito a limpeza. Prefira pisos laminados a carpete, papel de parede de vinil a tinta látex nas paredes internas, piso cerâmico a pedras porosas nas áreas externas. São as melhores escolhas quando o foco é facilitar a limpeza, cujos efeitos também durarão mais tempo.

 

Superfícies de bancadas e mesas

 

Vidros temperados e granitos são facílimos de lavar e aceitam grande variedade de sujidades. Para massinhas e tintas de crianças então, nada como o vidro: nada gruda nem mancha. Quando elas terminarem suas “artes”, é só borrifar um limpa-vidros corriqueiro e passar um pano de algodão: voilá!

Os laminados melamínicos (populares “fórmicas”) também são muito bons, mas é preciso critério: alguns mancham sim com algumas sujidades, os tons claros amarelam com  tempo e os cantinhos eventualmente se soltam e descolam.

Se você ama aquela mesinha de madeira natural, que tal colocar um vidro sobre ela? Se apoiar com bolinhas de silicone, o vidro não escorrega e o acabamento fica bem bacana!

 

Abuse dos rodízios

 

Os móveis e vasos de plantas com rodízios são muito mais fáceis de tirar do lugar e ainda não danificam o piso. O acesso aos cantos das salas e ao piso embaixo dos móveis fica super fácil e rápido, o que facilita ainda mais a limpeza.

 

Tecidos das cortinas

 

As cortinas de tecido acabam acumulando bastante pó no decorrer dos dias, o que tem seu lado muito bom! Para janelas que ficam muito tempo abertas então, as cortinas de voil, que deixam a luz entrar, funcionam como verdadeiros filtros retendo o pó, que não consegue entrar em casa.

Se você gosta de usá-las, então tenha em mente quatro critérios bem simples, mas super funcionais,  ao escolher e confeccionar:

  • prefira tecidos que possam ser lavados na sua própria máquina de lavar
  • e que dispensem o ferro de passar!
  • escolha sistemas de fixação que tornem bem fácil remover e reinstalar a cortina para lavar
  • sem perder de vista que argolas ou presilhas sejam bem fáceis de soltar ou possam ir junto para a máquina!

 

Espelhos das fechaduras

 

Essa dica é essencial para evitar aquele encardido nas portas em volta das maçanetas e fechaduras. Quanto maior o espelho, mais protegida ficará a porta da gordura das mãos e batidas de chaves. Além de mantê-la limpa, você evita o desgaste da porta.

 

Espelhos de tomadas e interruptores

 

Espelhos de tomadas e interruptores, junto com as maçanetas e puxadores, são os detalhes da decoração mais submetidos à gordura das mãos. Com o agravante de que quase sempre são clarinhos e por isso acusam a presença da sujidade bem antes.

Como fazem parte dos sistemas elétricos da casa, não podem ser lavados com líquidos, por isso devem ser removidos. Prefira os de plástico – não de metal – e que são fixados por simples encaixe, sem parafusos. São os mais práticos de manter limpos. Quando você tiver um siricutico ao ver o encardido, basta desencaixar com cuidado, colocar de molho com detergente, passar uma buchinha daquelas azuis que não riscam, enxugar e encaixar de volta. Tudo bem rápido e prático e fica como novo!

 

Cubas na cozinha e nos banheiros

 

Evite cubas de sobrepor tanto na cozinha quanto nos banheiros. Apesar de estarem muito na moda, principalmente aquelas que passam a impressão de um bowl apenas apoiado sobre a bancada, a borda saliente da cuba não permite que você escorra a água da lavagem da bancada para dentro, o que dificulta muito quando você precisar de velocidade na limpeza.

É fato que elas são lindas, mas as de embutir também têm seus encantos e são mais práticas. Se você faz questão, então pelo menos instale apenas no lavabo, que costuma sem menos submetido a sujidades na bancada, como restos de creme dental, pingos de hidratantes etc. Na cozinha de jeito nenhum, combinado?

 

Fácil, não é? Agora basta colocar as dicas em prática na hora de escolher os acabamentos e a decoração da nova casa e garantir menos tempo na faxina e mais para curtir a casa nova com a família e os amigos!

You Might Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>