deck-com-arvore

Deck, espaço e charme a mais para seu jardim

Já se deparou com essa palavra por aí e não soube do que se tratava? Deck é basicamente um piso de madeira flutuante, elevado do chão. Em casas é usado principalmente em volta de piscinas e em áreas externas. Com ele é possível criar lindos ambientes ao ar livre!

O significado literal de deck é convés (isso mesmo, de barco!). É daí a origem desse tipo de piso. O deck tradicional é uma plataforma de piso de madeira, como se fosse um assoalho, parecido com o convés de navio. Ele pode ter as ripas (tábuas estreitas) de madeira unidas ou com espaços entre elas.

A palavra é usada para pisos elevados de madeira em geral, como ancoradouros ou plataformas de arvorismo. Mas em arquitetura de exteriores também é usada para nomear áreas externas com piso e sem telhado (ou seja, nem varanda nem gazeio), mesmo que não seja de madeira.

deck-ancoradouro

 

Construção

 

O que mais caracteriza o deck é não estar “colado” totalmente ao solo ou contra piso, o que o protege da umidade.

Para construir um deck é necessária uma estrutura, um “esqueleto” usualmente de madeira (mas não necessariamente), bem fixada ao chão e sobre a qual são dispostas as ripas geralmente de madeira para formar o assoalho.

Dessa forma, o deck parece “flutuar” sobre a superfície.

deck-estrutura

 

Usos do deck

 

O deck é usado para criar espaços e caminhos para se transitar ao redor de piscinas, ofurôs, sobre jardins e gramados, delimitando espaços só com esse piso diferencial.

Também é muito útil para aproveitar melhor terrenos muito acidentados. Como é apoiado sobre estrutura independente, o deck pode servir tanto para criar áreas aproveitáveis sobre barrancos, por exemplo, quanto para seguir seus diferentes níveis com plataformas de deck desniveladas.

 

Deck de madeira

 

Tradicionalmente os decks são de madeira, embora hoje já existam de outros materiais mais adequados às intempéries a que o deck se expõe.

As madeiras de um deck, por ficarem expostas ao tempo, precisam ser bem secas em estufas. Além disso, devem passar por um bom tratamento de impermeabilização com verniz náutico e então podem ser molhadas sem medo.

 

Manutenção

 

Ainda assim, como qualquer madeira exposta, o deck de madeira requer cuidados de manutenção freqüente, sob pena de perder definitivamente o material degradado por fungos.

A depender do uso e da exposição, o novo verniz deverá ser aplicado a cada dois anos ou até mesmo de ano em ano.

Uma alternativa para essa repintura ser menos freqüente é pintar a madeira com esmalte sintético. Ela resistirá por mais tempo, mas claro que a aparência é muito menos natural. Também saiba, antes de optar pelo esmalte, que dificilmente conseguirá recuperar a aparência natural da madeira se se arrepender.

 

Deck de pvc

 

O charme do deck é esse ar aconchegante e natural. Mas para facilitar a manutenção e até para ser ecologicamente correto, hoje é muito comum usar PVC ou material plástico reciclado com cores e texturas que imitam a madeira.

Esses materiais sintéticos não absorvem água e são mais baratos, mas com o tempo e a exposição ao sol eles podem ressecar. Por isso podem perder a cor e a resistência mais rápido que a madeira natural com manutenção cuidadosa e periódica.

 

Deck modular

 

deck-modular

 

Essa é uma forma ainda mais simples e barata para você ter um deck na sua casa. Isso porque nesse formato você compra peças quadradas de deck e vai montando colocando-as uma ao lado da outra.

Essa é uma forma bem interessante também na questão de estética porque você pode alternar as placas compondo desenhos e padrões diferentes.

Ainda pode brincar com a disposição delas em relação a orientação das ripas de madeira, alternando as peças para ficar uma com ripas na horizontal ao lado de outra na vertical, montando uma paginação bem criativa.

No mercado há vários tamanhos disponíveis, o que permite usar em jardins menores com facilidade.

 

Idéias para se inspirar

 

Decks são muito democráticos. Como ele é neutro, combina bem com qualquer estilo de decoração de jardim, do rústico ao sofisticado.

Uma idéia muito bacana é compor o deck com alguns mobiliários fixos em seu jardim ou varanda. Bancos fixos ou floreiras revestidas com ripas de madeira seguindo a mesma orientação do deck vai dar a impressão que seu assoalho de deck está se dobrando.

Fica interessante também criar espaços no deck para contornar canteiros de árvores ou flores para dar a impressão de que ele foi recortado, além de incorporá-lo melhor ao jardim que você já tem.

Sunny-Deck

Iluminação de decks

 

Como os deck geralmente ficam elevados, fazer a iluminação é bem fácil: basta passar a fiação por baixo da plataforma. Assim, você pode colocar spots ou até refletores no mesmo nível do assoalho, criando um efeito de luzes saindo do chão que fica muito bacana.

Se o seu deck tem vários níveis você pode explorar isso colocando a iluminação contra os degraus formados pelas plataformas. Essa iluminação pode ser desde spots de luz até fitas de led, dando a sensação de que o deck está flutuando.

 

Dica esperta

 

Se você optar pelo deck com réguas espaçadas, além de eu achar mais charmoso, tem a vantagem da ventilação que os deixa menos quentes ao sol.

Porém fique esperto: se você não prever antes da montagem como acessar o espaço abaixo da plataforma, cada vez que cair algum objeto pequeno entre as réguas será uma confusão. Mais ainda quando é um brinquedo ou uma bijuteria. Ao projetar seu deck, deixe esse acesso previsto!

A solução que mais funcionou em meus projetos foi modular o deck, ou seja, fazer a plataforma dividida em quadrados. Cada parte dessas é apenas apoiada sobre a estrutura, permitindo que seja levantada por qualquer pessoa para acessar abaixo dela.

Outra vantagem é limpeza: dependendo do local, poderão se juntar folhas mortas de plantas que podem entupir a drenagem da chuva sob o deck. Facilitando o acesso você permitirá que sejam removidas com simplicidade.

 

Dica de segurança

 

Como vimos, para proteger o deck da chuva e do sol é preciso pinta-lo, seja com verniz ou com esmalte. Estas pinturas deixam o deck escorregadio. No caso do verniz, também ficará bem quente ao sol. Por isso pense bem ao instalar muito perto da piscina, pois as pessoas molhadas poderão escorregar e os pés descalços poderão queimar, capisce?

 

Decks são super charmosos e agregam aconchego ao jardim. Agora com essas informações e idéias você com certeza vai encontrar um deck com a sua cara, que vai deixar seu jardim ainda mais gostoso!

 

Para aprender mais:

iluminacao-paisagismo  Curso Iluminação de Paisagismo (online)

 

 

 

decoracao-interiores  Curso de Decoração de Interiores (online)

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>