Feng Shui e Radiestesia: a energia da sua casa

A nossa casa é o nosso refúgio, o lugar onde devemos nos sentir bem, não é mesmo? Algumas técnicas milenares aplicadas na casa auxiliam a trazer harmonia e prosperidade e fazem a gente se sentir ainda melhor em nossas casas e até trazem a “cura” de energias ruins. Nessa postagem vamos falar um pouco de duas: o feng shui e a radiestesia que trazem o equilíbrio das energias nos ambientes.

Alguns fatores como o local onde a casa foi construída, moradores antigos, objetos antigos e outros matérias presentes na casa podem trazer energias que nem sempre são bem vindas porque não fazem bem.

Dormir mal, não conseguir sucesso nos projetos, problemas seguidos de saúde e de finanças, são alguns dos problemas que essas energias ruins podem trazer para a família que habita uma casa com energias ruins. Mas como o feng shui e a radiestesia se livram delas?

 

Feng shui

 

feng-shui-ba-gua

Segundo essa técnica chinesa, a forma como nós nos relacionamos com o mundo externo está refletida na nossa casa e vice-versa.

Essa técnica se baseia principalmente naquele mapa em forma de octógono com oito setores de cores, o baguá. Cada setor está relacionada a um aspecto da nossa vida e está carregado de potenciais energéticos.

Se é detectado que algum desses setores apresenta um potencial energético nocivo, esse setor tem que ser trabalhado. No feng shui isso se faz principalmente distribuindo o mobiliário e acrescentando cores mais adequadas para cada setor.

Para aplicar essa técnica o que se faz é sobrepor o baguá sobre a planta e dividir a casa ou apartamento em setores de acordo com o mapa. Assim, cada região da sua residência deve ser energizada conforme a indicação no mapa para que o setor que ela representa em nossas vidas seja também energizado.

Além disso, a natureza está muito presente na técnica do feng shui. Terra, madeira, metal, água e fogo também são fontes de energias que precisamos potencializar em nossa casa para levarmos para a vida e alguns setores requerem a presença de um elemento para ser potencializados.

 

Radiestesia

 

pendulum

Já segundo a radiestesia, a energia vem principalmente do solo. O material que existe no interior da Terra gera energia eletromagnética, funcionando com um ímã gigante. Quando há falhas no solo, há chances dessa energia aflorar e prejudicar as pessoas que vivem na superfície.

Por isso, essa técnica é muito utilizada antes de se construir. Mas se você ficou interessado em equilibrar as energias da casa onde você já moram não se preocupe, a radiestesia também é muito utilizada para equilibrar as energias de uma residência já construída. Ela mede também a energia dos moradores, além de detectar as que vêm do exterior.

Para identificar a qualidade energética do solo da construção ou da residência, os radiestesistas usam aparelhos como pêndulos, medidor de aura e um aparelho que se assemelha com as forquilhas para encontrar água.

Além disso, essa técnica também se utiliza de um mapa, chamado de mesa radiônica, com símbolos, cores e gráficos, para auxiliar a detectar a energia dos moradores.

O ideal é bloquear as energias nocivas e quando o radiestesista detecta algum desequilíbrio, ele indica placas de metais. Essas placas variam de tipo de metal e tamanho, depende do que foi mapeado e elas podem ser fincadas no solo ou dispostas pela casa.

 

Renovar as energias de nossa casa nos traz muito mais bem estar e nos revigoram para encarar a rotina pesada do dia a dia. Por isso, cuidar da nossa casa também é cuidar de nós. Então, que tal aplicar uma dessas técnicas em sua casa e mudar a energia do seu lar?

 

para saber mais:

fenshui-cursoCurso Radiestesia com Feng Shui a distância. Aprenda os de maneira simples e prática os segredos da Radiestesia e os gráficos usados em Radiônica para harmonizar a energia da sua casa.

 

feng-shui-livroO livro Feng Shui na Prática do Richard Webster é uma excelente porta de entrada ao tema do Feng Shui para quem ainda está começando. Dicas simples para pôr em prática já, vão familiarizando o iniciante e aguçando a curiosidade para se aprofundar em áreas específicas.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *