file0001665632114

Iluminação: 10 motivos para você escolher antes!

Mal pintou o forro de gesso e já vai ter que quebrar para instalar aquela iluminação embutida que escolheu hoje? Ninguém merece, né? Imprevistos assim só aumentam custos, desperdícios e prazos, justo no finalzinho da obra, quando dá aquela sensação de que “não acaba nunca”!

Por incrível que pareça, essa situação é muito comum. Na época do projeto elétrico, o padrão é um ponto de luz no meio de cada ambiente e pronto. É daí que vêm as adaptações de última hora e os quebra-quebras de tetos e paredes novinhos.

Veja aqui algumas dicas para prevenir isso e garantir que, depois da pintura pronta, a instalação das luminárias seja rápida e tranqüila.

 

Antes de TUDO: o programa!

 

Cá venho eu de novo… mas nada poderia ser mais importante: antes mesmo de começar o projeto de arquitetura, faça um exercício mental e defina como vai funcionar a sua casa, como você vai usá-la (veja mais dicas sobre o programa de projeto neste artigo).

Por exemplo, se a mesa de jantar também vai ser usada para montar quebra-cabeças de 5 mil peças, sua iluminação precisará de uma alternativa de complemento.

Outros “pequenos detalhes” que serão definidos a partir do programa:

 

O que vai ser iluminado?

 

Num jardim de inverno, a luz será para as atividades exercidas nele ou para dar destaque a uma planta exótica? A primeira vem de cima, a segunda do chão!

E aquele quadro antigo, pintado por seu bisavô? Que tal um foco direcionado nele? E a mesa de estudos… tem alguém canhoto? Lembre-se que então a luz deve vir da direita, senão a mão fará sombra sobre o que está escrevendo.

 

A luz que atrapalha

 

Já deve ter acontecido com você: vai ver o extrato no caixa eletrônico, mas a tela reflete as luminárias no teto e você não enxerga nada. Na era das telas, cuidado com reflexos e interferências!

 

Medida certa

 

Luz de menos força a vista e causa cansaço. Mas luz demais também é ruim: ofusca e desvia o olhar, dá vontade de sair do ambiente. Pense muito bem no “para quê” de cada luminária e defina certo a luminosidade.

 

Onde acende?

 

Interruptores, sempre esquecidos, coitados. Todo mundo lembra dos interruptores paralelos nas escadas: acende embaixo e apaga ao chegar lá em cima. E só! E ao lado da cama para não ter que levantar pra desligar?

Aliás quer uma dica bacana para ambientes mais intimistas? Aposte nos abajures! É chato ter que ir até cada um para acender? Nada disso: acenda todos ao mesmo tempo com um interruptor na entrada da sala, ou vários interruptores juntos, um para cada abajur. Varie colocando um de pé junto à poltrona e outros menores nas mesinhas de canto… fica um aconchego só.

 

Luz central x luz periférica

 

Preste atenção nisso: usando apenas a comida como exemplo. Na sala de jantar, todos ficam voltados para o centro da sala, sentados em volta da mesa, certo? Então a luz deve estar lá, no centro, para onde todos estão olhando. Tá, mas… e na cozinha?

Se sua cozinha é a tradicional composta de bancadas encostadas nas paredes, a luz central só atrapalha! Ao realizar as atividades, inclusive perigosas, como cozer e cortar, seu corpo fará sombra sobre sua atividade. Luz periférica sobre as bancadas, pia e fogão!

Detalhezinho importante: sua cozinha planejada tem armários suspensos sobre as bancadas? Eles farão sombra, cuidado! Então a luz deve estar SOB os armários suspensos, capisce?

 

E a luz do sol?

 

Pois é: quando se fala em iluminação da casa, estamos pensando nas 24 horas do dia. Quer coisa mais irracional que precisar acender a luz elétrica em pleno dia de sol? Cuide da luz natural no seu projeto, deixe ela entrar! Nada de banheiros sem janelas só para “economizar espaço”. Não existe o “não dá” quando ainda se está no papel. Estude o projeto mais um pouquinho e chegará a uma solução melhor, com certeza. Aliás, recomendo o artigo sobre jardim de inverno… dá uma lidinha lá, que você vai se apaixonar!

 

Manutenção e limpeza

 

Como já falamos no artigo sobre lustres, é imprescindível usar um pouco sua bola de cristal e pensar em quem vai trocar lâmpadas e reatores da sua casa.

Por exemplo: se tiver uma sala com pé-direito muito alto, uma luminária no teto pode ser impossível de acessar com segurança para limpar ou trocar componentes. Pense na possibilidade de prever arandelas, aquelas luminárias de parede, mas de olho nos seus planos de decoração: elas podem atrapalhar a distribuição dos seus quadros decorativos ou enfeites de parede. Outra solução são os abajures, como sugerido no item

 

Sancas

 

Se você gosta do efeito das sancas de gesso com luz embutida, recomendo que decida no projeto pelo menos onde e como vai fazer. Mesmo que os detalhes dos perfis de gesso possam ficar mais para a frente, os pontos elétricos devem ser previstos antes, ok? Não judie do seu eletricista.

 

Luminárias meramente decorativas

 

Como elas não têm função de iluminação propriamente, geralmente são esquecidas nos projetos elétricos e acabam guardadas no armário ou instaladas com verdadeiras gambiarras.

Aqui estou falando, por exemplo, daquela luminária de papel colorido que ganhei de uma prima. Ela fica linda com uma lâmpada fraquinha, é o charme do cantinho da escada. Não esqueça de fazer um ponto elétrico e o melhor lugar para o interruptor! A minha faz o maior sucesso. Cada vez que acender e seus amigos elogiarem, você vai se lembrar de mim!

 

Quantos detalhes, não é? Se você não pensar neles ainda na fase de projeto, são duas as possibilidades: ou vai esticar o prazo da sua obra com as adaptações, ou você passará anos morando na casa e xingando os erros de iluminação todos os dias.

Beeem mais vantajoso pensar antes, não é mesmo? Então não se apresse em encerrar o projeto! Invista um pouquinho mais de tempo na definição da iluminação antes, que o retorno é garantido!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>