Por que sua porta de correr está travando?

Portas de correr são sofisticadas e promovem um melhor aproveitamento do espaço dos ambientes em relação às portas tradicionais. Por outro lado, seu mecanismo de funcionamento é sensível e por isso requer alguns cuidados para, de uma solução, não se transformar num problema.

 

Entenda o funcionamento

 

As primeiras portas de correr eram apenas “encaixadas” entre duas tiras de madeira paralelas no chão. Essa estrutura trazia alguns inconvenientes como:

 

  1. As portas eram mais duras e difíceis de ser empurradas;
  2. Ao ser empurrada, ela se inclinava e tendia a tombar, por isso travava;
  3. O constante atrito da porta com o piso riscava o chão e a madeira da porta se desgastava;
  4. Como as tiras de madeira no piso ficavam salientes, causavam acidentes com tropeços;
  5. A limpeza do piso entre as duas tiras era bem mais difícil.

 

A busca de soluções para esses problemas fez o design e os mecanismos de funcionamento evoluírem cada vez mais, melhorando muito o desempenho das portas de correr.

Hoje elas são penduradas de um trilho, como uma cortina, e com isso ficaram mais leves e fáceis de ser empurradas.

 

Carrinho e trilho

 

porta-de-correr-trilhoporta-de-correr-carrinho

Com o peso distribuído em dois carrinhos de rodízios, ela já não inclina ao ser empurrada e, portanto, não trava. Veja como é instalado esse sistema:

porta-de-correr-corte

 

Limitadores

 

porta-de-correr-limitador

 

Para não deixar a porta correr para mais longe do que deve, e não correr o risco do carrinho sair do trilho ou da porta bater com força no batente ou na porta oposta (quando são duas folhas de correr), é preciso instalar estas pequenas peças chamadas limitadores. Elas são fixadas ao próprio trilho e bem discretas.

 

No piso

 

Além desses itens, a porta hoje nem chega a encostar no chão e com isso não desgasta nem a própria porta nem o piso como antes. Como você viu, o trilho já não é mais usado no piso, que fica assim livre e contínuo, acumulando menos sujidades e facilitando sua limpeza, além de ser mais seguro.

Para garantir que a porta não balance, é instalado um pequeno pino parafusado ao chão. Ele fica numa posição que garante que fique oculto sob a porta, não importa quanto ela corra para cada lado. A porta agora tem um trilho embutido embaixo dela, que corre por este pino, evitando assim que ela balance. Veja nesta imagem:

porta-de-correr-pino

 

Dicas para sua porta de correr não travar

 

Entendido seu funcionamento, vamos às dicas:

  1. Escolha sempre carrinhos com quatro roldanas, as com duas são mais baratas, claro, mas acredite: não compensa os litros de adrenalina que você vai acumular cada vez que a porta der um tranco ao abrir.
  2. Se algum dia ela der uma “travadinha”, não force! Provavelmente foi alguma sujeira ou um inseto que entrou no trilho e uma das oito roldanas da sua porta travou nele. Se você forçar, a roldana pode mesmo conseguir passar por cima, mas vai levantar a porta toda junto e o carrinho pode sair do trilho. Aí complica e se a porta tiver vidros, eles podem trincar com o golpe.
  3. Se por algum motivo o pino fixo ao chão se soltar, podem acontecer duas coisas:
  • Ele se espremer entre o piso e a folha da porta e trava-la: nesse caso, de novo, não force! Peça ajuda a alguém para levantar levemente a porta enquanto você passa uma colher de pau ou uma faca por baixo da porta para remover o pino.
  • Espremido ou não, a porta ficará sem o pino e portanto solta, balançando, o que cedo ou tarde a fará “descarrilar” do trilho de cima. Procure um profissional para fixar o pino de volta e, enquanto isso, muito cuidado ao usar sua porta.

Como você vê, os mecanismos mais essenciais para o funcionamento adequado da sua porta de correr ficam ocultos, mas merecem atenção!

 

As portas de correr são elegantes e flexibilizam o uso dos espaços. Porém requerem atenção tanto na escolha quanto na manutenção. Por isso, se você já tem uma porta de correr, fique de olho em seu funcionamento e caso ainda não tenha, anote as dicas para escolher com sabedoria e evitar dores de cabeça.

 

6 comments

  1. A porta de correr, do quarto para a varanda está travando ao abri e ao fechar. Precisamos trocar a fixação do vidro da janela da área de serviço. O imóvel fica na Tijuca, na rua Carvalho Alvim.
    Podemos agendar visita para elaboração de orçamento para conserto??

    1. Olá Hermann!
      Infelizmente não presto esse tipo de serviço… sou arquiteta e só trabalho com projetos (e com o blog!). Além disso estou em São Paulo.
      Se quiser posso consultar uma colega do Rio e ver se ela teria alguma indicação. Me avise!
      Grande abraço =)

  2. Tenho uma porta de ferro com vidros que esta desalinhado(na vertical) e comendo o trilho de baixo. Como faço a manutenção dela , visto que, não consigo levantar a porta para tira-lo. Deve ter algum parafuso de regulagem na porta que não consigo localiza-lo.Gratos

    1. Olá Ademar, tudo bem? As portas de correr de ferro não têm mesmo uma vida útil muito longa, infelizmente. Por causa do peso, não costumam ser “penduradas” como recomendo no artigo, e o desgaste natural do material no trilho no chão só piora. Não tenho como te dizer como desmonta-lá sem avaliar no local. Minha recomendação é que você chame um serralheiro e aproveite para reformar a porta. Ela é de ferro por causa de segurança? Se for isso, às vezes compensa fazer grade, para ficar mais leve, e vedar com material leve (como policarbonato, por exemplo) e então poder pendurar a porta. Duraria muito mais. Espero ter ajudado!

  3. Ótimas dicas! Estou fazendo o projeto de um closet, e estou pensando em utilizar uma porta de correr para dar acesso ao closet. Quando a porta se abrir, deve ficar embutida no fundo do closet. Isso pode se tornar um problema algum dia? Caso precise de manutenção? Ou acabar ocorrendo o travamento desta porta? Preciso saber os prós e contras em relação a uma porta de correr embutida e uma porta comum.

    Agradeço pela ajuda.

    Att,

    Joabe Alexandre

    1. Olá Joabe,

      Um pequeno problema das portas de correr embutidas é o acúmulo de pó no compartimento onde ela se retrai ao abrir e a dificuldade para acessar esse espaço para limpar. A depender da configuração do seu espaço, esse nicho onde a porta se esconderá pode ser fechado com painel removível para limpeza e manutenção.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *