tomadas-eletricas

Tomadas elétricas em projetos de casas: lembretes para não precisar de benjamim

Nada mais feio e perigoso em casa que aquele emaranhado de benjamins e extensões, não é mesmo? Para evitar isso, basta pensar bem na quantidade de tomadas que sua casa nova vai precisar. Aqui vão algumas dicas para projetos de casas livres de gambiarras!

 

Necessidades

 

Para evitar os benjamins e as extensões é necessário ter uma tomada para cada coisa. Para isso, você vai precisar pensar em tudo o que usa hoje em dia para casa ambiente – mas tudo mesmo, até os usos esporádicos – e relatar para o responsável pelo projeto da sua casa.

Avise também sobre as mudanças previsíveis, como o projeto de mais filhos, passar a trabalhar em casa, montar um atelier de cerâmica ou seus pais virem morar com você. Tudo isso implica em tomadas elétricas!

Aliás, já fez seu programa do projeto? Ele ajuda bastante nesta tarefa!

 

Tempos modernos, projetos de casas com mais tomadas

 

Esse “tudo” não significa somente aparelhos eletrodomésticos. Hoje a gente tem muito mais aparelhos que antigamente. Só os gadgets são uma lista interminável: celular, tablet, notebook, i-pod… Todos eles dependentes de carregadores ligados à tomada de vez em quando.

No quarto e escritório, por exemplo, é comum colocarmos para carregar mais de um aparelho ao mesmo tempo. Além das tradicionais tomadas para luminárias e outros aparelhos como ar condicionado e computador de mesa.

 

Não só quantas, mas ONDE

 

Um motivo comum do uso de extensões é para alcançar tomadas distantes. Quem nunca se viu numa situação em que a única tomada disponível para carregar o celular está lá longe da mesa?

Prever, mesmo que vagamente, onde vão ficar as superfícies de trabalho é fundamental para eliminar as extensões. Dessa forma você consegue distribuir adequadamente suas tomadas.

Lido isto, você já adivinhou: o projeto da sua cozinha planejada já deve prever quais equipamentos vão precisar de tomadas e onde! A cozinha é talvez o ambiente doméstico que mais utiliza aparelhos elétricos e eletrônicos.

 

Desbloquear o caminho

 

Outro motivo comum para o uso de extensões e benjamins é querermos usar uma tomada, mas haver um sofá na frente, por exemplo!

Para evitar que você tenha que arrastar móveis para fugir da gambiarra, é importante distribuir as tomadas prevendo no projeto onde esses móveis maiores vão ficar. É por isso que seu projetista vai querer desenhar antes o “lay-out de mobiliário”, termo que incluirei em próximo artigo. Resumidamente, é o desenho da distribuição dos móveis nos ambientes da sua casa.

Aliás, este lay-out também ajudará muito na definição de toda a iluminação da casa e de eventuais sancas.

 

Altura das tomadas

 

Você já se viu fazendo contorcionismo digno de picadeiro de circo ao tentar alcançar uma tomada embaixo da mesa para ligar o carregador do seu gadget?

O costume de priorizar as tomadas baixas na casa vem de um estilo de vida de 50 anos atrás. Nesse tempo o número e tipo de uso predominante de equipamentos elétricos numa casa era muito diferente.

Hoje a maioria dos eletro-eletrônicos são usados sobre bancadas e mesas, ou ficam presos à parede, como as TVs. Por isso vença esse paradigma e pense em SEUS hábitos elétricos ao prever as tomadas da nova casa.

 

Tomadas no banheiro

 

Quando pensamos em tomadas para o banheiro nos preocupamos em colocar uma ou duas perto da pia, para secador de cabelo e aparelho de barbear. Mas é importante sempre estar alerta para eventualidades.

Mesmo que você use um aquecedor de água a gás, recomendo fortemente que tenha uma tomada – fechada, de reserva – lá em cima perto da ducha. Se numa eventualidade você ficar sem gás ou quebrar seu aquecedor, será supersimples instalar um chuveiro elétrico.

 

Tomadas no chão

 

Parece estranho, mas existem sim tomadas no chão! São muito comuns em grandes escritórios com mesas distribuídas pelo ambiente e não apenas junto às paredes. Essa é uma ótima dica se você tem um ambiente mais amplo, onde possa precisar ligar algum aparelho no meio do cômodo.

Tome muito cuidado, no entanto, com água. O ideal é que o revestimento do piso nem seja lavável com água em abundancia, para evitar que isso ocorra, como madeiras e carpetes. Outra preocupação: o piso não pode ser inflamável, como aqueles colados com cola de contato, pela gravidade que teria um eventual curto-circuito.

 

Tomadas para inverno e verão

 

Lembre de incluir na sua lista de necessidades o uso dos ventiladores e aquecedores. Além do ar condicionado que é fixo, a gente usa cada vez mais ventiladores e aquecedores portáteis em dias de clima extremo.

 

Luminárias

 

Se você gosta de ter abajures ou outras luminárias na sala e quartos também precisa prever onde vai querer coloca-las e deixar uma tomada só para isso. Dessa forma, não vai ter que dividir uma tomada para abajur para recarga de celular ou ter que escolher entre ter uma iluminação ou um celular com carga, por exemplo.

 

Na varanda

 

Muita gente esquece, mas na varanda você também precisa de tomadas! Mesmo não tendo eletrodomésticos fixos, você vai precisar de fonte de energia nessa parte da casa. Seja para carregar seus aparelhos, ligar um som no dia do churrasco, a TV no jogo do Brasil, uma cafeteira, ou para ligar o ventilador.

Então, não esqueça de fazer um levantamento também dos usos desse ambiente e deixar tomadas coringas para não precisar puxar extensões de dentro de casa, justo quando estiver cheio de gente para tropeçar nelas!

 

Garagem

 

Você acha bobagem? E se precisar aspirar o carro? Usar a furadeira para polir a cera?

 

Eu sei: é inacreditável como a gente depende de equipamentos elétricos hoje em dia. Mas já que é assim, pense com cautela sobre suas necessidades e informe ao seu projetista.

Aproveite que hoje os projetos de casa estão cada vez mais personalizados, preveja bem suas tomadas e depois desfrute uma casa segura e confortável!

 

 

You Might Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>